14 maio 2006

Um adeus português

Pedes-me, por sms, uma prova de que te amo: e eu, tão temente do ridículo, ainda assim escrevo-te um bilhetezinho de despedida em papel cor de rosa com volutas impressas em marca d' água.

1 Comments:

Blogger A Rapariga said...

Não se pode com os SMS, assim é que é. Cartas ou bilhetinhos. Pena ser de despedida, quando te pedem de amor.

7:40 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home